Treinamento E Desenvolvimento De Fotografia

Ensaio de português para concursos

É natural que o programa bakuninsky e não possa compreender-se diferentemente como contradito, segundo Marx, a provisões básicas do Internacional. Bakunin recusou-se por causa da discrepância da estrutura da organização a exigências autorizadas do Internacional.

Possivelmente, o anarquismo, se tornou a reação a realizações e fracassos da Grande Revolução francesa: o ideal de atração de liberdade, igualdades e fraternidades voltou atrás a nova alienação burguesa; a democracia parlamentar não trouxe o lançamento desejado da personalidade e a expressão de interesses nacionais.

Bakunin pode formar a seção no Internacional só depois da modificação de documentos de programa da Aliança. Criando a coalizão no Internacional, Bakunin perseguiu o objetivo de usar a organização internacional existente para a expansão de uma esfera de influência das ideias. O objetivo semelhante perseguiu-se por Marx. Admitindo à organização de bakunist, esperou abrir para si mesmo ele (mesmo) um caminho àquelas organizações secretas onde as posições de sustentadores de Bakunin foram fortes. E, indubitavelmente, tinham um grande número de sócios na Itália, a Espanha e a parte jurássica da Suíça, em segmentos separados da população da França e a Alemanha. Por essa razão a discussão no momento da aceitação de anarquistas na Associação não se desenvolveu.

Prudon acentuou que só com base na liberdade pessoal mais larga e cheia, só em consequência da consciência por pessoas dos interesses e a sua coordenação mútua a anarquia verdadeira, a verdadeira ordem e a verdadeira unidade são possíveis.

Contudo o anarquismo no sentido verdadeiro desta palavra, indubitavelmente, gera-se por realidades de tempos Modernos. Só desde que o fim do XVIII século quando a Europa entrou em uma era das grandes revoluções que fomentam a afirmação da identidade humana e choque de bases da sociedade tradicional o anarquismo - no início como doutrina filosófica, e logo como parte importante do revolucionário, movimento de liberação se decifra gradualmente.

O anarquismo é uma doutrina revolucionária social e filosófica que objetivo é a criação de uma rede extensa do independente, mas seguramente informou entre eles comunas, destruição do estado e criação da sociedade livre, originalmente comunista que realmente fornece o princípio de um avtonomizm da personalidade.

Avtonomizm (a autonomia) da personalidade não é a independência simples, uma soberania e uma liberdade pessoal, é um caminho da existência da pessoa no mundo e sociedade na qual a identidade suprimida se forma e o revela ninguém.